DITADURA DA FELICIDADE

Publicado: 27 de julho de 2012 em vida

Quem disse que a gente é obrigado a ser feliz? Quem disse que você precisa ser feliz? Quem disse que algo que você sente que te faz ou possa te fazer feliz não tem importância?

De onde veio esse conceito de que ser feliz é uma regra absolutamente necessária? Ainda mais o tempo inteiro, a vida toda…

Tudo bem que não acordei com o melhor dos humores nesta quinta-feira (o que alguns mais chegados diriam não ser nenhuma novidade), mas não é irritante essa obrigação de ser feliz que a sociedade nos impôe?

Evidentemente que não tenho nada contra a felicidade. Mas, contra as imposições e as artificialidades, tenho tudo. Me irrita profundamente essa coisa de ditarem regras e maneiras de como sermos felizes, e, também a irritante constante e absoluta tendência de menosprezarmos o que sentimos.

Vou puxar um pouco a sardinha para o meu lado.

Temos que viver diante regras impostas pela sociedade, mas mal vemos que essa mesma sociedade que nos impôe modos e moldes de como se viver, está completamente no caus, filho que mata pai, mãe que abortam ou abandonam seus filhos, e politico que rouba milhões e sai ileso da situação, e a mãe que rouba um pedaço de pão para dar ao que comer ao próprio filho morto de fome, que vai parar atrás das grades, essa é a sociedade que ainda se acha no direito de nos importa uma forma de como sermos felizes e de uma obrigatoriedade de termos que ser feliz!

É um saco essa obrigatoriedade de estarmos felizes, só porque tem alguém em pior situação que nós, ou porque não temos uma doença terminal, ou porque temos uma família bacana, um trabalho estruturado. E nossos sentimentos  como e onde ficam?

Como eu disse vou puxar a sardinha para o meu lado… Como todo mundo que acompanha meu blog e me conhe sabe, sou completamente apaixonado por uma mulher, que me detesta(não sei por que) e sinceramente tenho todos os requizitos citados ali em cima por mim, tenho uma vida boa, saúde regularizade, uma família exclente, um trabalho que me satisfaz, mas e o que eu sinto, e essa necessidade de querer estar perto dessa pessoa, não conta? Não posso ter esse direito, e de não estar feliz por isso não acontecer?

Regras e mais regras de felicidade imposta por uma sociedade que é o próprio apocalipse, na boa, sinceramente não entendo por que o desprezo por alguns sentimentos, várias pessoas que eu falo desse assunto dizem que isso não é motivo para eu ficar triste, que é melhor assim e talz, ou que, se isso acontecer eu iria simplesmente desencanar, eu tenho um sentimento muito grande dentro do meu peito, a 4 anos, e literalmente digo que nesses quase 4 anos pra ser mais preciso, não houve um dia só que ela não estivesse em meus pensamentos, é que eu esqueço que eu tenho que estar totalmente feliz, por que existem pessoas em piores condições que eu, porque eu tenho uma família ótima e tenho saúde, o que eu sinto não tem a menor importância não é? Eu em nenhum momento não disse que não sou feliz, eu só não sou totalmente feliz! Mas como eu tenho que seguir as regras da ditadura da felicidade eu tenho que menosprezar o que estou sentido e estar 100% feliz!

Lembrem-se se você tem saúde, uma vida estruturada, um bom emprego, uma família como base bem sucedidade que te ama, e se você pode lembra que sempre irão existir pessoas em pior situação que você, não importa se você gosta muito de alguém e por alguma circustância não pode estar junto desta, não se esquece, você não pode estar triste por causa disso, afinal você precisa estar sempre 100% feliz, mediantes claro as regras da sociedade, É CLARO!

É óbvio que existem pessoas que se estivessem passando pelo o que eu estou passando, provávelmente não estariam tristes, e seguiriam suas vidas numa boa, mas se existe uma coisa boa nessa tal coisa chamada felicidade é que ela não é igual para todos, não existe uma receita ideial, e existem aquelas pessoas que apenas por terem aquela vidinha certinha que eu citei acima, já se sentiriam felizes, mas eu não, a falta dessa pessoa faz com que eu não esteja totalmente feliz, e dai, algum problema, eu gosto dela, sou apaixonado e não vou mais admitir que que seja que monespreze esse sentimento, que diga que isso é bobagem, e que eu tenho que ser feliz, por que minha mãe me ama, ou porque eu estou com a saude regularizada!

“Então gente é isso, sorria você é obrigado a ser feliz!”

 

 

 

comentários
  1. Ândrio Gonçalves disse:

    …Rafael,a felicidade é tão “complexa”,”vasta”,não sei se esses são os termos certos,mas a felicidade esta em cada um de nós,se pelo menos houvesse um “padrão” de felicidade ,ai sim poderiamos dizer quem é ou não feliz!

  2. Michel Matos disse:

    Rafael eu te digo que se você só é feliz com o amor correspondido desta pessoa não desista corra atraz desse amor,se caso não for correspondido não fique triste pois saiba que tem muitas pessoas que gostam de você(Um abraço do teu amigo Michel Matos).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s