Humanos

Publicado: 17 de abril de 2011 em Coisas sem sentindo, Dividindo
Deixe de agir pela carne, pois ela é passageira e sua satisfação também.
Saia do seu eu “humano” e haja como se você fosse o que os outros chamam de sentimento.
Não seja incapaz de não perceber que você está aqui para experimentar desde o amor até o ódio, da alegria até a tristeza, da vida até a morte.
Tenha um sentimento.

Nem que seja um simples e miserável sentimento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s