Minha alma me escreveu uma carta

Publicado: 17 de março de 2010 em Superação

Olhos fechados! Ouvidos incapacitados! Alma acorrentada! Corpo destruido!

Uma alma que anda embreagada pelos becos mais sombrios do meu ser.

Uma alma ignorada por ela mesma, que se diminui, carrega em si correntes postas com as próprias mãos.

Pode parecer loucura uma alma se castigar tanto mais é a mais pura verdade.

Meus sentimentos sempre foram jogados em uma gaveta, trancados a sete chaves. Se definhando com o tempo, fui me destruindo cada dia mais e com isso acabando com o meu dono.

Com a minha definhação diária, fui destruindo esse ser, fazendo com que ele se achasse um ser estranho no universo, nunca teve  direito de irreverência, alegria, perdendo o direito de se arriscar, lutar e viver!

Eu perdi um pedaço de mim, perdi a minha essência, perdi o rumo, perdi o prumo, perdi a minha direção no mundo, perdi meu amor próprio!

Mais afinal quem sou eu?

Eu sou a que no mundo anda perdida;

Sou a que na vida não tem norte;

Sou irmã do sonho, e desta sorte sou crucificada… a dolorida…

Sombra de névoa tênue e esvaecida, e que o destino amargo , triste e forte impede brutalmente para o vôo da liberdade.

Alma de luto sempre incompreendida! Sou aquela que passa e ninguém vê.

Sou a que vêem triste, sem precisar ser.

Sou a que chora sem saber por quê.

Sou talvez a visão que alguém sonhou, alguém que veio ao mundo pra ser vista, mais nunca se encontrou!

Sou a alma desse ser humano chamado Rafael que por minha culpa “vaga” na escuridão do não se achar capaz em muitas coisas, mais eu desejo ajudar meu dono e igual a ele, apatir de hoje vou ser essa FENIX que ele aprendeu a ser diariamente na sua vida com todas as batalhas que já lutou e venceu na vida, e vou lê dar o direito de vôar apatir hoje, acreditar que é capaz de amar, ser amado, lutar viver e ser feliz… Vou dar o direito de não se achar mais tão inútil.    

Escrava de si mesmo, sem opção com o passar do tempo foi se apagando mais que apartir de hoje igual Fenix renascerá das cinzas para viver em plenitude do seu ser e e com lucidez abandonar a embriaguez e de uma vez por todas sair dos becos obscuros do meu ser.

Anúncios
comentários
  1. Roseli Marli Schott disse:

    Querido amigo Rafael, ao ler este poema, senti as lágrimas rolarem no meu rosto. Então pensei: esse rapaz é um anjo, que ao escrever seus poemas, transmite tanta segurança, positividade, esperança de um novo dia, e faz sentirmos uma renovação interior, que as vezes achamos que está tudo perdido e quase querendo desistir, enfraquecidos pela ignorância alheia e pela falta de humildade, então aparece esse “anjo”,com suas doces palavras em forma de poesia aliviando a nossa dor e fazendo-nos reagir… Obrigada por ser meu amigo! Beijos

  2. helo disse:

    Faz 15 anos que eu espero por isso, que tu tire a mordaça e grite pro mundo o que vc sente! Demorou mais chegou, as aguas se abriram e das profundezas surgiu aquilo que poucos de nos conheciamos: teus verdadeiros sentimentos!
    Quando tu foi ao meu blog e leu a minha declaração de amor a mim mesma, perguntou como eu tinha escrito aquilo. Lembra o q t respondi? Feche os olhos, olhe pra dentro de ti e solte isso pro mundo. Graças a Deus vc assim o fez. Fiz o meu blog por incentivo teu, e agora vc saiu da concha por incentivo meu, hahaha, sempre foi assim, eu por vc e vc por mim. Agora a dor passou, ficou somente o seu azul, lavado pela chuva que se foi… Mas não esqueça de uma coisa Rafa, abra os braços e deixe a luz do sol entrar pelo teu peito, alcançar o coração e livrar vc de todos os pensamentos e sentimentos nublados qua estão la dentro. Bj

  3. Leticia Fischer disse:

    Espero que realmente seja verdade e que tu consiga se libertar dos teus “mostros”. Tu é uma pessoa que não só eu mas muita gente admira, e tu já se perguntou o por que? Por essa força, que tu tens e transmite para as pessoas que convivem contigo. Eu desejo tudo de melhor pra ti meu anjo.. beijos

  4. Regina Tavarez disse:

    De onde vem isso Rafa? Que necessidade é essa que você parece ter de sempre se achar, diferente dos outros, estranho, esquizito…
    Bom Rafael deixe-me falar o que vi quando estive na sua presença.
    Um cara obsulutamente normal, igual a qualquer outra, com as mesmas capacidades em todas as situações.
    Alias me equivoquei, você é não é igual aos outros, é diferente sim, por que é especial, um fofo, que entende a nós mulheres como nenhum outro homem jamais irá entender, que ama de verdade, que fala o que tem que falar e sente o que tem que sentir, sem se preocupar com o que os amigos vão dizer, e sem a cabeça de vento que a maioria tem…
    Não é justo que você se senti incapaz de amar e muito menos de ser amado, como você escreveu, no texto, por que se as pessoas conhecem o que você deixa poucas conhecerem (o Rafa de verdade) você teria uma fila a sua espera. hehe
    Não deixe que esses mostros te acorrentem e nem te persiguam, você é muito maior do que tudo isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s